Soure investe um milhão a melhorar habitações

. sexta-feira, 2 de fevereiro de 2007
  • Agregar a Technorati
  • Agregar a Del.icio.us
  • Agregar a DiggIt!
  • Agregar a Yahoo!
  • Agregar a Google
  • Agregar a Meneame
  • Agregar a Furl
  • Agregar a Reddit
  • Agregar a Magnolia
  • Agregar a Blinklist
  • Agregar a Blogmarks


A Câmara Municipal de soure vai investir cerca de um milhão de euros na melhoria de condições de habitação de 25 famílias, no âmbito do Programa de Financiamento para Acesso à Habitação (PROHABITA).


A autarquia viu aprovada a sua candidatura àquele programa de financiamento que prevê a aquisição/reabilitação de casas de 14 famílias, a reabilitação de uma outra e o arrendamento de habitações para outras dez famílias. Para o efeito, o investimento será financiado em 50 por cento pelo Instituto Nacional da Habitação (INH) sendo os restantes 50 por cento sujeitos a financiamento bancário em condições estabelecidas em acordo de colaboração a celebrar entre a autarquia e o INH.


Manuela Santos considera tratar-se de um projecto “extremamente importante” para a política de acção social desenvolvida pela Câmara Municipal de soure. A vereadora, que promoveu a respectiva candidatura ao programa PROHABITA, enaltece, por outro lado, a importância daquele investimento para a eliminação do degradado bairro pré-fabricado instalado na vila de soure, onde já foram demolidas mais de uma dezena de casas.Por outro lado, Manuela Santos refere que o investimento no âmbito da candidatura do PROHABITA será realizado em grande parte na zona histórica da vila. Um facto que valorizou a própria candidatura apresentada pela autarquia e que veio a ser aprovada.


O PROHABITA - Programa de Financiamento para Acesso à Habitação -, tem como objectivo resolver o problema não só de pessoas residentes em barracas ou casas abarracadas (como acontecia anteriormente), mas quaisquer situações de grave carência habitacional das famílias residentes no território nacional.