'Saurium Administradora' quer apoiar a gestão de condomínios

. domingo, 22 de abril de 2007
  • Agregar a Technorati
  • Agregar a Del.icio.us
  • Agregar a DiggIt!
  • Agregar a Yahoo!
  • Agregar a Google
  • Agregar a Meneame
  • Agregar a Furl
  • Agregar a Reddit
  • Agregar a Magnolia
  • Agregar a Blinklist
  • Agregar a Blogmarks


A “Saurium Administradora”, é uma empresa vocacionada para a gestão de condomínios, e outros imóveis que acaba de se instalar na Avenida Conselheiro Matoso, em soure. Trata-se de uma empresa familiar, que pretende alargar a sua área de actividade a outras localidades da região, como é o caso da Figueira da Foz e Pombal.
.
Segundo Tomás Caetano, um dos responsáveis pela empresa, em conjunto com José Caetano e Luís Temido, diz que a “Saurium Administradora” representa para os seus clientes “uma mais valia” em termos de gestão de condomínios, já que este responsável é licenciado em direito, o que permite conciliar “o apoio jurídico com a área da gestão de condomínios ou outros imóveis”. Tomás Caetano explica que a esta actividade é “conexa com a advocacia”, o que em muitos casos “poderá trazer vantagens aos clientes”, referindo que em soure esta área de actividade “está pouco explorada”.
.
O jurista salienta que o facto de existir “uma estrutura montada e profissionais das mais diversas áreas pré-contratados”, é uma forma de “minimizar mais rapidamente determinado tipo de problemas que possam surgir” num condomínio, não deixando de realçar “os conflitos que muitas vezes existem quando esta gestão é realizada por um condómino”. Segundo Tomás Caetano “uma empresa externa vem muitas vezes apaziguar” esses mesmos conflitos, já que este género de empresas são “facilmente aceites”, até pelo factor da “perca de tempo que é necessária para a boa gestão e funcionamento” de um condomínio. Diz ainda que é também uma forma de “poupar tempo a todos os níveis”, sem que exista a “preocupação com determinado tipo de problemas ou pormenores”.
.
Tomás Caetano adianta que o facto de ser licenciado em direito também permite “explicar as leis existentes nesta área de uma outra forma”, realçando que “se existir a necessidade de propor uma acção judicial”, este processo também acaba por ser “muito mais fácil”, assim como o acesso a “toda a documentação necessária”. Tomás Caetano diz que tem ao dispor dos seus clientes uma equipa “dinâmica, competente, responsável, profissional e disponível para os problemas existentes”.