Número de vítimas mortais sobe para 4

. domingo, 14 de outubro de 2007
  • Agregar a Technorati
  • Agregar a Del.icio.us
  • Agregar a DiggIt!
  • Agregar a Yahoo!
  • Agregar a Google
  • Agregar a Meneame
  • Agregar a Furl
  • Agregar a Reddit
  • Agregar a Magnolia
  • Agregar a Blinklist
  • Agregar a Blogmarks


Um dos feridos no acidente de trabalho ocorrido terça-feira em Paredes morreu hoje nos Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC), elevando para quatro o número de mortos no sinistro - disse fonte hospitalar à agência Lusa.
.
O homem, de 28 anos, um dos dois feridos internados na Unidade de Queimados dos HUC, sucumbiu hoje, cerca das 07:00, à gravidade das lesões sofridas no acidente.
.
No sábado, o outro ferido internado nos HUC, um jovem operário de 23 anos, também acabou por morrer nesta unidade dos Hospitais da Universidade de Coimbra.
.
Estes dois trabalhadores, residentes na Figueira da Foz, estavam a trabalhar na construção de uma linha de alta tensão em Paredes quando foram atingidos por uma descarga eléctrica.
.
Sofreram queimaduras de segundo e terceiro grau em mais de 50% do corpo.
.
Além destes dois sinistrados, o acidente provocou logo no local dois mortos - de 29 e 43 anos, naturais do concelho de Soure - e ainda um ferido ligeiro.
.
De acordo com a REN - Redes Energéticas Nacionais, o acidente ocorreu «durante os trabalhos de construção da linha dupla, a 220 kV, a cargo de uma empresa prestadora de serviços».
.
In Diário Digital / Lusa