Sourense arrastado por viatura durante dois quilómetros

. sábado, 22 de dezembro de 2007
  • Agregar a Technorati
  • Agregar a Del.icio.us
  • Agregar a DiggIt!
  • Agregar a Yahoo!
  • Agregar a Google
  • Agregar a Meneame
  • Agregar a Furl
  • Agregar a Reddit
  • Agregar a Magnolia
  • Agregar a Blinklist
  • Agregar a Blogmarks


Está internado no Hospital dos Covões, com fractura dos membros inferiores, um indivíduo de 33 anos que foi arrastado por uma carrinha após uma discussão ocorrida num café de Pombal.
.
A GNR de Pombal está a investigar uma situação de grande violência que ocorreu na noite do passado sábado, em que um homem foi arrastado, preso à parte lateral de uma viatura comercial, tipo Ford Transit, durante dois quilómetros e meio. O caso – que não foi divulgado pelas autoridades na altura mas agora confirmado ao DIÁRIO AS BEIRAS – terá sido inicialmente registado pela GNR como atropelamento e fuga, embora testemunhas tenham relatado que viram um homem pendurado junto à porta do condutor durante o trajecto percorrido entre um café junto à Rotunda do Bombeiro, em Pombal, e o local onde a vítima foi socorrida, na povoação do Barrocal. Tudo aconteceu quando dois homens, que já se conheciam, se envolveram numa discussão dentro da Gelataria 2000. Terá sido a vítima, residente em Soure, que abordou o condutor da viatura, cerca das 22H30, ao balcão do estabelecimento comercial, ameaçando-o. Este terá saído em direcção ao seu veículo estacionado em frente à porta, no que foi seguido pelo outro indivíduo. A discussão, com agressões, prolongou-se junto à carrinha, pelo que o condutor entrou na viatura e seguiu caminho. Se, nesse momento, a vítima se agarrou à porta ou se ficou presa, é aquilo que Guarda Nacional Republicana está a investigar. A verdade é que o condutor não parou, terá mesmo completado uma volta inteira à Rotunda do Bombeiro, percorrendo depois todo o trajecto até ao local onde os”soldados da paz” vieram, mais tarde, a encontrar e socorrer o ferido, prostrado na via, a sangrar e com as pernas partidas, uma delas com fractura externa. Suspeita-se mesmo que poderá ter sido atropelado num final desta “viagem” alucinante. O condutor do veículo já foi identificado pela GNR como sendo um homem com cerca de 40 anos de idade e residente em Pombal. Não foi possível determinar até agora o que terá estado na origem na discussão inicial dos dois homens.
.
In DIÁRIO AS BEIRAS