Tentou matar filha de 10 anos e suicidou-se

. segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008
  • Agregar a Technorati
  • Agregar a Del.icio.us
  • Agregar a DiggIt!
  • Agregar a Yahoo!
  • Agregar a Google
  • Agregar a Meneame
  • Agregar a Furl
  • Agregar a Reddit
  • Agregar a Magnolia
  • Agregar a Blinklist
  • Agregar a Blogmarks

Um homem, de 68 anos, suicidou-se, ontem de manhã, após ter tentado matar a filha, de 10 anos. O corpo de Mário Ruivo foi encontrado enforcado, cerca das 8,30 horas, na varanda da residência, um primeiro andar na Rua do Comércio, em Granja do Ulmeiro, freguesia do concelho de Soure. Os bombeiros chegaram, no entanto, a tempo de salvar a menina.
.
Quando entraram na residência para recolher o corpo, os Bombeiros Voluntários de Soure foram surpreendidos pelo intenso cheiro a gás e encontraram a criança no chão, enrolada num cobertor e toda ensanguentada, apresentando golpes profundos nos pulsos e um mais superficial no pescoço.
.
"Tudo indica que tenha sido o pai a infligir-lhe os golpes, suicidando-se de seguida. A menina devia ter andado a deambular pela casa, pois havia sangue em quase todos os compartimentos. Estava apática, mas consciente. Na cozinha, encontrámos uma botija de gás, com o tubo de ligação ao fogão cortado. Na mesa da sala estava uma carta, onde o homem explicava os motivos daquele acto", afirmou, em declarações ao JN, o comandante dos Voluntários de Soure, Carlos Luís.
.
Separação
.
Mário Ruivo encontrava-se separado há já algum tempo da mãe da criança, uma mulher cerca de 30 anos mais nova, e não terá encarado bem a situação. Aliás, anteontem à noite, o actual companheiro da mãe da menina terá ligado para o posto da GNR de Soure, alertando para maus tratos de que a criança estaria a ser vítima. No entanto, a patrulha da GNR verificou que a criança se encontrava bem, sem sinais de violência.
.
"Na escola, percebia-se que a menina era oriunda de uma família humilde, mas que andava bem tratada. O casal não era natural da freguesia, mas já vivia lá há algum tempo", referiu Carlos Luís.
.
A criança, que perdeu bastante sangue, seria transportada pelos Voluntários de Soure ao Hospital Pediátrico de Coimbra, onde ficou internada em estado que não inspira cuidados. "Accionámos os mecanismos de acção social, que irão contactar a mãe da menina", revelou ainda o comandante dos Voluntários de Soure.
.
In Jornal Notícias