Governo não abre "urgências" de Soure

. sábado, 5 de abril de 2008
  • Agregar a Technorati
  • Agregar a Del.icio.us
  • Agregar a DiggIt!
  • Agregar a Yahoo!
  • Agregar a Google
  • Agregar a Meneame
  • Agregar a Furl
  • Agregar a Reddit
  • Agregar a Magnolia
  • Agregar a Blinklist
  • Agregar a Blogmarks


O Ministério da Saúde "não pretende reabrir os serviços de atendimento permanente que sofreram alteração no hotário nocturno de funcionamento" como é o caso de Soure. É desta forma que o gabinete da Ministra Ana Jorge responde a um requerimento que lhe foi apresentado pelo deputado do Bloco Esquerdo, João Semedo. A resposta é premptória e refere que "o Ministério da Saúde não pretende reabrir as urgência em Soure". "O Ministério da Saúde acompanhará e monitorizará a actividade assistencial, disponiblizando serviços alternativos de qualidade, adequando os cuidados de saúde às necessidades dos cidadãos, aumentando dessa forma a confiança e a segurança dos portugueses no Serviço Nacional de Saúde" acrescenta o gabinete de Ana Jorge.
.
Na mesma resposta, o Ministro recorda que "desde 30 de Outubro de 2006 funciona a unidade de saúde familiar Vitassaurium constituída por sete médicos, sete enfermeiros e cinco administrativos abrangendo os 12 mil utentes.
.
In Notícias do Centro