Câmara facilita pagamento da ligação à rede de esgotos

. sexta-feira, 2 de maio de 2008
  • Agregar a Technorati
  • Agregar a Del.icio.us
  • Agregar a DiggIt!
  • Agregar a Yahoo!
  • Agregar a Google
  • Agregar a Meneame
  • Agregar a Furl
  • Agregar a Reddit
  • Agregar a Magnolia
  • Agregar a Blinklist
  • Agregar a Blogmarks


Com vista a que nenhuma família deixe de contratualizar o ramal de ligação à rede de esgotos domésticos, a Câmara Municipal de Soure aprovou, recentemente, um plano de pagamento a prestações de acordo com a situação económica de cada agregado.
.
O plano prevê seis escalões, baseados nos rendimentos "per capita" indexado à Remuneração Mínima Mensal, podendo o valor da respectiva taxa de ramal de ligação, no valor de 265,56 euros, ser paga até 24 prestações de 11,07 euros.
.
Desta forma, a autarquia presidida por João Gouveia, proporciona "a criação de condições para que as populações possam usufruir dos benefícios de uma adequada e eficaz rede de esgotos e do correspondente tratamento de efluentes".
.
Segundo o Município, a aprovação daquele plano de pagamentos surge tendo em consideração "a importância da ligação das habitações ao colector geral de saneamento, após a entrada em funcionamento das correspondentes redes de esgotos domésticos" bem como "o cruzamento entre as duas áreas: saneamento/salubridade e acção social" de forma a que nenhuma família deixe de contratualizar o ramal de ligação devido a carências socioeconómicas.
.
Para o executivo liderado por João Gouveia, eleito pelo Partido Socialista, "esta é mais uma decisão reveladora da ‘forte’ consciência social que tem caracterizado a gestão municipal nos mais diversos domínios".
.
In Notícias do Centro