Espectáculo “Alma da Candeia”

. sexta-feira, 16 de maio de 2008
  • Agregar a Technorati
  • Agregar a Del.icio.us
  • Agregar a DiggIt!
  • Agregar a Yahoo!
  • Agregar a Google
  • Agregar a Meneame
  • Agregar a Furl
  • Agregar a Reddit
  • Agregar a Magnolia
  • Agregar a Blinklist
  • Agregar a Blogmarks

A 17 de Maio, Soure acolherá o espectáculo “Alma da Candeia”, que utiliza a viagem pelo ciclo do azeite, por meio das voltas do seu processo rural, até à adiafa da sua consumação, demonstrando como o folclore pode ser observado de modo bem mais completo, rigoroso e profundo do que através dos espectáculos comuns de danças.
.
O projecto inter-associativo, com sede em Águeda, contando nos últimos meses com grande envolvimento dos associados Os Serranos de Belazaima do Chão e do Grupo do Brinca, de Eiras (Coimbra), afirma-se como força renovadora, captando a atenção de agentes culturais de outras áreas que atribuem credibilidade reforçada e capacidade para atrair novos públicos aos trabalhos do Eiranças na área do folclore.
.
REFERÊNCIAS NACIONAIS
.
O crescimento das adesões a estas novas abordagens é notório, nos últimos anos. Após a Associação Etnográfica Os Serranos ter insistido nesta solução de modo isolado, mas insistente a partir de 1995, os últimos anos tem revelado inúmeros seguidores desta escola, que apela à investigação e ao maior rigor etnográfico nas apresentações, combinado com a inovação e a criatividade na forma como se apresentam as recolhas do folclore próprio de cada região.
.
O reconhecimento da valia deste trabalho e as competências ganhas ao longo deste caminho percorrido há mais de 10 anos, fazem de Os Serranos e do Eiranças referências nacionais, multiplicando-se as solicitações para participar em colóquios e debates sobre esta nova abordagem.