Professores insistem na suspensão da avaliação

. terça-feira, 13 de janeiro de 2009
  • Agregar a Technorati
  • Agregar a Del.icio.us
  • Agregar a DiggIt!
  • Agregar a Yahoo!
  • Agregar a Google
  • Agregar a Meneame
  • Agregar a Furl
  • Agregar a Reddit
  • Agregar a Magnolia
  • Agregar a Blinklist
  • Agregar a Blogmarks

Presidentes dos conselhos executivos de 139 escolas do país vão pedir a suspensão do processo de avaliação de professores.

A conclusão saiu esta tarde de um almoço que durou mais de seis horas e que juntou em Santarém os principais presidentes de órgãos de gestão das escolas.João Ramos Pereira, presidente do agrupamento de escolas de Soure, em Coimbra, explica o documento que está a ser preparado para enviar a Maria de Lurdes Rodrigues.“Vamos solicitar à senhora ministra a suspensão deste modelo – mesmo simplificado – porque entendemos que tem algumas deficiências na sua aplicação e cria algumas dificuldades”, disse.No encontro de hoje foi ainda debatida a demissão em bloco dos presidentes de conselhos executivos, uma hipótese que ficou em aberto.
.
In Rádio Renascença
CC/Cristina Nascimento