Autarquia de Soure preocupada com trabalhadores da Fapsur

. quarta-feira, 29 de abril de 2009
  • Agregar a Technorati
  • Agregar a Del.icio.us
  • Agregar a DiggIt!
  • Agregar a Yahoo!
  • Agregar a Google
  • Agregar a Meneame
  • Agregar a Furl
  • Agregar a Reddit
  • Agregar a Magnolia
  • Agregar a Blinklist
  • Agregar a Blogmarks

A Câmara Municipal de Soure está a acompanhar a situação laboral dos trabalhadores da Fapsur – Sociedade Industrial de Malhas, SA., sedeada na freguesia de Samuel. A empresa requereu a insolvência e os cerca de 60 trabalhadores correm o risco de ficar sem os salários em atraso e irem para o desemprego. O presidente da autarquia deu a conhecer, em recente reunião do executivo, que tomou conhecimento da situação de “forma inqualificável” através da imprensa, tendo agendado uma reunião de carácter de urgência com os trabalhadores, 28 dos quais com residência no concelho de Soure. João Gouveia diz que está a ser efectuado um levantamento do quadro sócio-familiar de cada um deles para que a autarquia possa “adoptar alguns mecanismos de excepção” no que respeita à acção social, como é o caso de atribuição de apoios escolares, apoiar no pagamento de rendas ou prestações habitacionais, entre outros. Por outro lado, irá marcar um encontro com a administração da empresa afim de analisar a situação da mesma.
.
In Notícias do Centro