Dois mortos e um ferido em colisões na EN 109

. terça-feira, 7 de abril de 2009
  • Agregar a Technorati
  • Agregar a Del.icio.us
  • Agregar a DiggIt!
  • Agregar a Yahoo!
  • Agregar a Google
  • Agregar a Meneame
  • Agregar a Furl
  • Agregar a Reddit
  • Agregar a Magnolia
  • Agregar a Blinklist
  • Agregar a Blogmarks

Dois homens morreram e um sofreu ferimentos ligeiros, esta segunda-feira, na EN 109, na Ponte da Pedra, Leiria, vítimas de duas colisões consecutivas. A GNR está a investigar e desconhece para já as causas dos acidentes.

Ninguém sabe ainda o que levou o condutor de uma viatura "Renault 19 Chamade" a embater na traseira de um pesado de mercadorias. A colisão provocou o despiste do automóvel que foi depois embater frontalmente num ligeiro de mercadorias que seguia em sentido contrário.

O acidente ocorreu ao quilómetro 162,08 da EN109, na freguesia de Regueira de Pontes. Faltavam poucos minutos para as 10 horas. O comandante do Destacamento de Trânsito da GNR de Leiria assegura que o embate na traseira do pesado "provocou o despiste da viatura ligeira", mas desconhece as razões que estão na origem desta primeira colisão.

Ao JN, o tenente Hugo Moita referiu que "o acidente está a ser investigado" pelo Núcleo de Investigação Criminal de Acidentes de Viação do Destacamento de Trânsito de Leiria, pelo que "ainda é cedo para tirar conclusões".

A investigação torna-se mais difícil já que os dois únicos ocupantes do Renault 19 morreram no local. Daniel Pedrosa, 40 anos, era natural da Guia, Pombal, e conduzia o automóvel. A seu lado seguia Alberto Almeida, 54 anos, natural de Soure. Ficaram encarcerados na viatura, cuja parte dianteira ficou totalmente destruída.

As duas vítimas, segundo o responsável da GNR, seguiam no sentido Figueira da Foz-Leiria. "Depois do embate e do despiste, a viatura [Renault] invadiu a faixa contrária e foi chocar de frente num outro veículo", explicou o tenente Hugo Moita, adiantando que o condutor [da carrinha] "sofreu apenas ferimentos ligeiros".

Trata-se de um jovem com cerca de 25 anos, residente na Martingança, concelho de Alcobaça, que foi transportado ao Hospital de Santo André.

O pesado de mercadorias sofreu apenas danos materiais.

A EN109 esteve cortada ao trânsito até cerca das 11.30 horas, tendo-se formado longas filas de trânsito nos dois sentidos.
.
In Jornal de Notícias
by ALEXANDRA SERÔDIO