Café assaltado na Granja do Ulmeiro

. segunda-feira, 8 de junho de 2009
  • Agregar a Technorati
  • Agregar a Del.icio.us
  • Agregar a DiggIt!
  • Agregar a Yahoo!
  • Agregar a Google
  • Agregar a Meneame
  • Agregar a Furl
  • Agregar a Reddit
  • Agregar a Magnolia
  • Agregar a Blinklist
  • Agregar a Blogmarks

A operação era de combate à criminalidade e de prevenção da sinistralidade em geral, mas os militares do destacamento da GNR de Montemor acabaram por deixar a estrada para se deslocarem a Granja do Ulmeiro, no concelho de Soure, onde um estabelecimento comercial estava a ser assaltado. Aconteceu na noite de sábado para domingo e os presumíveis assaltantes foram identificados, depois da viatura, furtada, em que seguiam ter sido localizada em Coimbra.

Segundo fonte do destacamento da GNR, o assalto ocorreu durante a madrugada e os assaltantes, dois, talvez três, entraram no café localizado em Granja do Ulmeiro, através do arrombamento da porta, com recurso a um pé de cabra. O alarme soou, pelo que os assaltantes terão sido obrigados a sair rapidamente do estabelecimento e porem-se em fuga. Não sem antes levarem a caixa registadora e uma pequena verba proveniente do euromilhões.

A viatura, um Fiat Uno que, segundo a mesma fonte, tinha sido dado como furtado há alguns dias, foi identificada por populares, o que permitiu ao Pelotão de Intervenção, que participava também na acção de fiscalização, a sua localização e apreensão no Bairro do Ingote, em Coimbra, e a identificação de dois assaltantes. Segundo a GNR de Montemor, os indivíduos encontravam-se no exterior do carro e, apesar de terem consigo algum di-nheiro, não foi possível a sua detenção, visto não terem sido apanhados em flagrante delito. A viatura vai agora ser sujeita a inspecção judiciária, que poderá confirmar alguns indícios que permitam a detenção dos dois assaltantes, podendo, segundo a GNR, haver um terceiro elemento envolvido não identificado.

Antes, porém, os elementos do destacamento da GNR de Montemor, 15 ao todo, com a colaboração do recém-criado Pelotão de Intervenção e da Secção Cinotécnica, ambas forças do Destacamento de Intervenção de Coimbra, procediam a uma operação de combate à criminalidade em geral no concelho de Montemor-o-Velho, com particular incidência na zona de Arazede, que permitiu a detecção de três pessoas a conduzir sob o efeito do álcool – dois homens e uma mulher. Um dos homens foi detido na localidade de Bunhosa por ter uma taxa de álcool de 1,77. Foi ainda detido, também na Bunhosa, um indivíduo por conduzir um ciclomotor sem habilitação legal. As detenções ocorreram entre as 4h00 e as 5h00.

In Diário de Coimbra